Quebra de Máquinas

Neste sinistro houve uma quebra de estrutura ou bloco de um motor de 9 cilindros de uma unidade estacionária de geração elétrica de 12MW. Estes motores são usualmente utilizados em grandes navios. O cilindro n°2 havia sido danificado completamente, quebrando a biela e os contrapesos de ambos os lados da unidade. Estas rupturas causaram uma fratura nas paredes laterais do bloco do motor.

Como se pode ver, a parede lateral do bloco está danificada e através da abertura se pode ver uma parte da biela e do virabrequim. Devido à dimensão da máquina, não foi possível desmontar o equipamento para proceder com os reparos na carcaça fraturada. Depois de analisar todas as evidencias, chegamos à conclusão de que a causa raiz foi uma falha de manutenção no aperto e reaperto dos parafusos da biela, segundo as indicações do fabricante do motor. Também descartamos que este evento foi provocado por um erro de projeto. Na data da ocorrência, o equipamento tinha mais de dez anos de operação contínua. Como este evento foi gradual, não é caracterizado como súbito e imprevisto.

Voltar aos serviços